Seja fã ou não, os refrigerantes estão presentes na mesa de muitas famílias e apesar de parecer inofensivo, quando consumido em excesso, pode causar danos à saúde.

Uma única lata de coca-cola contém 37g de açúcar (10 colheres de sopa!), o equivalente a 148% do indicado para consumo diário pela OMS. Faz pensar?

Mas os malefícios são inúmeros, entre eles:

  • Aumento de peso, secundário ao consumo de altas concentrações de açúcar;
  • Prejudicial desgaste dentário, causando sensibilidade e possíveis cáries;
  • Aumento da pressão arterial, associado ao consumo de alto teor de sódio;
  • Aumento do risco para diabetes, uma vez que altas concentrações de açúcar na corrente sanguínea diminuem a insulina produzida no organismo;
  • Promovem sensação de inchaço, face a altas percentagens de sódio, causador também de retenção de líquidos;
  • Comprometem a massa óssea, uma vez que o ácido fosfórico reduz a absorção de cálcio;
  • Aumento do risco de formação de pedras nos rins, relacionado com a obrigatoriedade em eliminar o cálcio usado para o processo de digestão e equilíbrio de pH, dada a acidez dos refrigerantes.

Se você bebe refrigerantes todos os dias, saiba que “o crime não compensa” e a sua saúde pede mudança! Reduza ao máximo o consumo de refrigerante. Dê prioridade à água, águas aromatizadas ou a sumos 100% naturais.

Cuide de si e, tranquilamente, diga “não” a tudo aquilo que não o acrescenta.

Esta informação foi útil?